Financiamento de imóveis bate novo recorde

Avatar do usuário
ruiz
Staff
Staff
Mensagens: 479
Registrado em: 05 Nov 2004, 16:02
Cidade: Porto Alegre
UF: RS
Fone: 51-9 92261244
Localização: Porto Alegre/RS
Contato:

Financiamento de imóveis bate novo recorde

Mensagem por ruiz » 20 Set 2007, 13:50

Crescimento no ano supera 73,6%
SÃO PAULO - O financiamento para compra da casa própria com dinheiro da poupança é recorde pelo segundo mês consecutivo. Em agosto, os bancos emprestaram R$1,8 bilhão, de acordo com a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). É a maior marca mensal desde 1984 e reflete o excepcional momento do mercado imobiliário, com crédito farto, prazos de financiamento que chegam a 30 anos, prestações fixas e forte concorrência entre os agentes financiadores que incluem não apenas bancos, mas também companhias hipotecárias.

“Em agosto, os financiamentos com recursos da poupança superaram o total empregado na habitação no ano todo de 2002”, observa o diretor geral da entidade, Oswaldo Corrêa Fonseca.
Naquele ano, o total foi de R$1,7 bilhão. De janeiro a agosto, os empréstimos já somam R$10,3 bilhões, superam em 73,6% o registrado no mesmo período de 2006 e já ultrapassam o total concedido no ano inteiro de 2006, que foi R$9,3 bilhões. “Se esse ritmo se confirmar, a nossa previsão é de que o ano feche com R$16 bilhões da poupança voltados para o financiamento imobiliário, um recorde histórico”, prevê o diretor da Abecip.

Também o total de unidades financiadas neste ano deve ultrapassar as marcas anteriores e somar 180 mil unidades. Até agosto, foram 117.237 mil e no ano passado inteiro 113.873. “O crédito é o grande motor do segmento imobiliário”, afirma Ricardo Setton, diretor de relações com investidores da Agra Incorporadora. Ele observa que, há dez anos, a taxa básica de juros, a Selic, que baliza o mercado, estava em 38% ao ano, caiu para 25% em 2002 e hoje está em 11,25%. O prazo máximo, que estava em 36 meses em 1997, cresceu para cem meses em 2002 e atualmente é de 360 meses, ou 30 anos. Com isso, observa Fonseca, ficou mais fácil comprar um imóvel. (AE).

Responder

Voltar para “Financiamento Imobiliário & Consórcios”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante